Home

C O N V I T E 

Foi através da sensibilidade de Henrique Cunha Júnior em parceria com a emoção de Cecilia Calaça que nasce e reverbera a arte de Moacir da Silva. E ainda tem as máscaras tencionando as memórias.

Convite: Exposição de Arte

Afro Arte Memórias e Máscaras – Moacir da Silva
Curadores: Henrique Cunha Junior e Maria Cecília Félix Calaça
Local: Centro de Referência do Professor
Rua Conde D’Eu, 590 – Centro (próximo à Catedral).
Fortaleza – Ceará
Data: 09 de Novembro de 2012, às 19h.

CURSO ARTEFATOS DA CULTURA NEGRA NO CEARÁ E MEMÓRIAS DE BAOBÁ – III – 2012

Sim, foi prazerosa a Primeira Etapa do Artefatos da Cultura Negra no Ceará, versão 2012, agora de 09 a 12 de outubro. Muito obrigad@ a tod@s! A cada pessoa que contribuiu para o redimensionamento e o sucesso do evento. Valeu, pessoal! Até breve na Segunda Etapa, o (Memórias de Baobá – III, de 02 a 06 de dezembro/2012).

JUSTIFICATIVA

O Artefatos da Cultura Negra no Ceará, justifica-se pela necessidade de se aprender e ensinar  a História da África e dos afrodescendentes no Brasil em todas as dimensões da educação, tendo como base norteadora as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afrobrasileira e Africana.

As ações propostas pelo Artefatos da Cultura Negra no Ceará tem como relevância a formação dos profissionais de educação, estudantes e demais participantes a cerca dos diversos aspectos da História e da Cultura da População Negra em nível  nacional e  local evidenciando os aspectos materiais e imateriais.

Essas ações serão desenvolvidas através de atividades diversas e com metodologias multidisciplinares tendo na sua programação: mini-cursos, palestras, mesas redondas, rodas de conversas, painéis, filmes, banires, apresentação de trabalhos de pesquisa, iniciação cientifica e experiências relevantes do ensino e aprendizado da historia e cultura negra no Estado do Ceará e demais estados brasileiros.

SEGUNDA ETAPA DO ARTEFATOS DA CULTURA NEGRA NO CEARÁ

SEMINÁRIO MEMÓRIAS DO BAOBÁ III

De 02 a 06 de dezembro de 2012

Coordenação: Profª.  Dra. Sandra Haydée Petit – UFC

MEMÓRIAS DE BAOBÁ – III – 2012

Pretendemos homenagear os saberes da tradição oral, notadamente seus aspectos educacionais e as possibilidades de transposição didática no currículo escolar. Assim o nosso mote será: Cosmovisão Africana, Educação e Currículo.  O NACE vem há alguns anos experimentando formas de dar visibilidade às africanidades no Ceará, com formações, exposições e publicações – vide livro e evento Artefatos da Cultura Negra no Ceará – bem como buscando e construindo subsídios didático-pedagógicos para a implementação da lei 10.639/2003 nos currículos escolares e nas formações de professores/as. Nesse processo, o NACE tem se preocupado em trazer para dentro do fazer pedagógico uma abordagem condizente com os valores civilizatórios africanos e a diversidade de suas manifestações nas culturas afrodescendentes da diáspora, particularmente no Brasil. Partindo do conceito de afrodescendência (CUNHA Jr.) e nos inspirando em diversos estudos e experiências da área, vimos se constituir aos poucos um novo referencial teórico-metodológico que denominamos de pretagogia. O nosso propósito de enpretecer a pedagogia até então eurocêntrica tem gerado muitos efeitos importantes e nos obrigado a aprofundar as pesquisas. São algumas dessas tendências, pesquisas e possibilidades que queremos agora socializar para um público mais amplo através do evento III Memórias de Baobá. O foco escolhido é a transposição didática da cosmovisão africana na escola através de mini-cursos  – capoeira angola, contação de histórias, raízes e africanidades na história de vida, literatura oral, estética do cabelo afro, africanidades na escola, musicalidade do samba, dança afro-brasileira e afro-cubana e aulas-conferências teórico-práticas respectivamente acerca da transculturalidade ambiental e da história e tradição negro-africanas e da diáspora afro-americana.

Local: Praça dos Mártires (Passeio Público) – Centro de Fortaleza – Entre as Ruas Dr. João Moreira – Barão do Rio Branco – Floriano Peixoto, em frente à Santa Casa de Misericórdia.


Realização:

UFC – Universidade Federal do Ceará – Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira – Linha de Movimentos Sociais, Educação Popular e Escola – Eixo de Sociopoética, Cultura e Relações Etnicorraciais.

URCA – Universidade Regional do Cariri – Grupo de Estudos Afrobrasileiros – Grupo de Valorização Negra do Cariri (GRUNEC).

Coordenação: Prof. Dr. Henrique Cunha Junior / Profª Dra. Cicera Nunes

Equipe de Organização:  Gislana Vale, Reginaldo Ferreira, Alexsandra Ferreira, Rita de Cássia, Wellington Pará, Kássia Motta, Conceição Guedes, Auricléa Barros, Kelma Nunes (Kelma T’ Iyemonja), Maria Aparecida (Cida), Maria Saraiva da Silva, Rinaldo Pevidor, Cecília Calaça, Cristiane Silva, Ana Cristina, Marcia Cristina.

Co-promotores:

Instituto de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Estado do Ceará – INESP

Universidade do Parlamento do Cearense- UNIPACE

Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza – SME

Apoios

Fórum Permanente de Educação das Relações Étnicorraciais do Estado do Ceará;

Coordenadoria de Políticas da Promoção da Igualdade Racial do Município de Fortaleza; COPPIR;

Coordenadoria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Ceará– CEPPIR;

Ministério da Educação e Secretaria de Educação Continuada Alfabetização e Diversidade e Inclusão – MEC/SECADI;

Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial/ SEPPIR;

Fórum Intergovernamental de Política de Promoção da Igualdade Racial/ FIPPIR,

Rede Nacional de Religiões Afrobrasileira e Saúde (Rede de Terreiros).

Finalidades:

1. Realizar formação dos profissionais de educação em Historia da População Negra e   Cultura Negra no Estado do Ceara;

2. Estabelecer diálogos na diversidade etnicorracial que concorram para a formação de educadores com vista à aplicação da Lei 10.639/2003;

3. Apresentar um panorama das atividades de pesquisa e das ações referentes às relações etnicorraciais;

 Público: Profissionais dos Sistemas Educacionais; Estudantes de Graduação e Pós-Graduação; Fórum Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial do Estado do Ceará; Movimentos Sociais e Sindicatos;

Carga Horária – 80h/a

                 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>